Alteração da Prolactina X Fertilidade

Antes da minha primeira gestação, tive problemas com a prolactina alta e logo conto para vocês um pouco da minha história. Hoje, depois de Bento já ter parado de mamar, continuei com esse probleminha e por isso decidi escrever para ajuda outras mulheres que possam passar por isso.

O que é a prolactina?

Prolactina é um hormônio produzido pela hipófise que regula a amamentação. Ou seja, quando se esta amamentando ela realmente é encontrada em grandes quantidades no sangue e por isso, muitas mulheres não menstruam ou ovulam nessa fase. Nosso corpo é perfeito e entende que se você esta amamentando, tem um pequeno bebê dependendo de você e não há necessidade de outro. Claro, isso não acontece com todo mundo, muitas mulheres inclusive engravidam nessa fase.

Fora da amamentação, em altos índices, ela pode causar esses mesmos sintomas e dificultar que queira engravidar e foi isso que aconteceu comigo. Essas alterações não são exclusivas das mulheres e podem acontecer nos homens também!

prolactina e dificuldade de engravidar

Imagem: reprodução

Como é diagnosticado?

Normalmente com a falta da menstruação ou na dificuldade de engravidar, seu médico pode pedir exames de sangue (muitas vezes em repouso de 30 minutos, pois ela pode subir com a ansiedade) e caso seja diagnosticado umproblema, pode pedir um exame para ver a hipófise já eu um dos motivos para ela estar desregulada é a possível existência de um tumor benigno no local, mas isso normalmente, quando esta muito acima.

Tratamento:

O principal é tentar entender o porque se teve esse tipo de problema, pode ser o tumor (como falei acima), alguns medicamentos também podem causar, stress e no meu caso, a endocrinologista desconfia que o hipotireoidismo tenha causado.

O tratamento com remédios tem resultados rápidos, porém, de nada adianta tratar só a hiperprolactinemia e não verificar a causa.

Sintomas:

Os mais comuns é sair leite dos seios e amenorreia (falta da menstruação). Sò queria lembrar aqui que nem todo mundo tem esses sintomas e nem todo mundo que tem alteração terá problemas para engravidar.

Minha experiência:

Escrevi sobre isso porque quando vi essa alteração antes de ter Bento fiquei meio preocupada sem saber o que era e vim procurar no Google. Muitas tentantes desesperadas atrás de informação e por isso, além de explicar sobre essa alteração (tudo que escrevi li em sites de confiança ou perguntei para meus médicos que são sempre os melhores para tirar dúvidas) quero falar da minha experiência com esse hormônio.

Quando decidi tentar meu primeiro filho, parei de tomar a pílula, já sabia do hipotireoidismo e já havia regulado com medicação o mesmo. Passou uns 3 meses e nada da menstruação descer. Fui ao médico que me pediu alguns exames e todos deram normal, o único com uma alteração leve foi a prolactina. Comecei a tomar um remédio que chama dostinex uma vez na semana e m mês depois estava grávida! Fiquei muito preocupada e chateada no começo, o remédio é caro para burro e decidi tentar ao máximo antes de acabar a caixinha (que continha 8 pilulas)…kkk… nisso, pude parar depois de 6!

Tive Bento, amamentei por 7 meses e até hoje (ele tem 13 meses) não menstruei. Como não queria filhos ainda (queria mas não tanto então deixei o destino decidir) não havia procurado o meu médico. Fui mês passado e já sabia do resultado: exatamente igual da primeira vez! Já estou tomando Dostinex novamente e vamos que vamos trabalhar para o segundinho! Rsrs…

Alguém mais com esse tipo de dificuldade?

Beijos

Lily

Related Post