Como prevenir e tratar a Assadura!

Inspirada no evento que participei ontem  de lançamento da nova pomada preventiva da  Mustela (onde aprendi muito sobre assaduras), resolvi dedicar esse post a esse probleminha que toda mamãe (ou todo bebê) tem e que pode ser simples de resolver ou pode virar um problemão! A dermatite de fralda.

dermatite de fralda, como evitar e tratar

Bebê limpo e feliz!

As famosas assaduras são uma preocupação constante, antes mesmo do bebê nascer as mamães já ficam loucas atrás de indicação de bons cremes anti-assaduras e eles já fazem parte inclusive da malinha de maternidade do bebê. Eu mesma voltei dos EUA, onde fiz o enxoval do Bento cheia de pomadinhas (porque lá é bem mais barato, né?!).

A pele do bebê é muito mais sensível que a nossa, além disso, por usarem fraldas, ficam mais tempo com a área abafada, úmida e até suja e isso é a receita perfeita para causar uma irritação na pele. Então o que fazer para evitar?

  1. Manter a área limpa: as fezes são as principais responsáveis pelas dermatites, portanto, não espere para trocar o bebê.
  2. Usar produtos adequados para limpeza: Pode ser o algodão com água morna ou o lenço umedecido (procure um mais leve e natural, especial para bebês, especialmente nos recém-nascidos), ou também lave.
  3. Seque bem a área:
  4. Se a pele for mais sensível, use pomada a toda troca e fraldas de boa qualidade que não cause irritação (digo se for sensível porque nunca usei a toda troca e Bento teve poucas assaduras, creio eu que é importante deixar a pele se auto proteger também, impressão minha mesmo)
  5. Se possível, deixe o bebê tomar sol sem fralda e aproveite para deixá-lo um pouco sem a mesma.

Quando a pele se irrita, precisamos tomar muito cuidado, qualquer coisa pode levá-la a uma assadura grave. Uma assadura deve ao menos mostrar um aspecto de melhora em 3 ou 4 dias, se piorar, procure sempre o médico. Esse tempo é o suficiente para se criar fungos como a cândida e por isso, não basta tratar o ferimento, ele não vai melhorar se não tratar o fungo!

dermatite de fralda, cuidados

Dermatite de Fralda

  1. Mantenha a região limpa, porém cuidado; lave somente com água, não use sabão (aprendi isso ontem), pois o sabão tem um PH diferente da pele (que é ácida), na pele saudável isso pode não ser um problema, mas na machucada é, portanto, lavar achando que lavará melhor vai agravar o problema (eu fazia isso, confesso). Pode usar o mesmo kit de limpeza, mas não faça força ou esfregue muito.
  2. Seque bem!
  3. Use pomadas específicas para isso, de preferencia com óxido de zinco para ajudar a hidratar e se necessário tratar o fungo, precisará de uma especifica para isso.
  4. Troque com frequência: importantíssimo para não agravar a situação é mante-la limpa e a troca de fralda ajudará nisso.
  5. Verifique se a fralda não esta pequena: o tamanho certo vai ajudar inclusive a prevenir, fralda apertada pode agravar a situação.
  6. deixe um tempo sem a fralda: deixe a pele respirar o máximo que conseguir!

    dermatite de fralda, cuidados

    Dermatite de Fralda Gravíssima! Não espere ficar assim para procurar ajuda médica!

IMPORTANTE: Novamente se não apresentar sinal de melhoras, procure o seu médico!

IMPORTANTE 2: usar produtos de qualidade nessas horas é importante! Cuidado com receitas caseiras (apesar ter gostado do resultado das vezes que tratei com maisena e óleo de melaleuca), porém muitas dessas receitas podem agravar e muito a situação.

IMPORTANTE 3: (kkk e último) verifique o que pode ter sido a causa, se acontecer isoladamente, provavelmente é uma comida diferente ou algo que mudou nas fezes, porém se for frequente, pode ser, por exemplo, a própria fralda.

Para finalizar vou dizer as pomadas que mais gosto das que usei: A+D eu adoro, comprei nos EUA e trouxe já por recomendação de uma mamãe que o bebê tinha muita assadura e a Desitin (concorrente mais conhecida no Brasil) não resolvia, nunca tive problemas com ela. A da Mustela ganhei e adorei, prefiro o cheiro dela, inclusive. Como a A+D era em pote grande, deixava em casa e levava a Mustela na bolsa.

Porém, como falei acima, sempre fui a favor de deixar a pele sem nada também e fiz isso desde o começo, Bento teve poucas assaduras e nunca me preocupei, hoje já não uso nada, inclusive a alguns meses fui à praia e não levei nada, ele ficou com uma assadura horrorosa lá que me pegou de surpresa. Portanto, é sempre importante ter a mão …rsrs… aprendi isso!

Beijos

 

 

Related Post