Cuidados com corpo no pós parto com hipopressivos!

Uma das maiores dúvidas das mulheres quanto a maternidade é quanto a volta do corpo depois da gestação. Será que nosso corpo muda a ponto de não conseguirmos jamais voltar ao corpo de antes? Hoje conversei um pouco com a Karina, do Mami Care Assessoria, fisioterapeuta especializada em saúde da mulher sobre as mudanças do corpo e como voltar a forma!

O que a mãe pode fazer durante a gravidez para facilitar a volta ao corpo após o nascimento do bebê? gravida malhando

 Durante a gestação, após a liberação do medico, a mamãe pode continuar cuidando do corpo.

Realizar atividade física regularmente e de baixo impacto, sempre acompanhada por um profissional que tenha conhecimento sobre o corpo da mulher e as alterações que acompanham a gestação.

Manter alimentação saudável e balanceada (acompanhada pela nutri), hidratação e bem estar, enfim, fazer o que a deixe feliz e em paz com o corpo e a mente.

Alguns cuidados são importantes durante a GESTAÇÃO;

 Retenção de Líquidos

A retenção de líquidos é muito comum entre as gravidinhas, principalmente em épocas de calor, que intensifica o edema (inchaço) nos membros inferiores. Isso pode ocorrer por ação hormonal, pelo próprio calor, e crescimento uterino, que passa a comprimir vasos e prejudicar o retorno venoso.

Como prevenir?

Alimentação saudável, com redução de alimentos ricos em sódio.

Evitar permanecer muito tempo na mesma posição, de pé ou sentado.

Manter os membros inferiores elevados na posição sentada.

Evitar roupas muito apertadas.

Movimentar o corpo. Realizar exercícios, após liberação do seu médico.

Utilizar as meias de compressão (quando orientadas pelo médico).

  1. Exercícios de barriga para cima

 Se voltarmos para a anatomia do nosso corpo, atrás do útero, temos a veia cava inferior, que e responsável por levar sangue da pelve e membros inferiores de volta ao coração. Com o passar da gestação, o aumento do útero causado pelo crescimento do bebe pode pressionar esta veia nos momentos em que a gravidinha deita de barriga para cima, o que provoca a redução do retorno venoso.

Isso pode causar mal estar, tonteira, náusea, falta de ar.

Por isso, as gravidinhas devem deitar de lado (com travesseiro entre as pernas e bem posicionadas!).

A partir do segundo trimestre, é recomendado utilizar um apoio de 45 graus quando realmente tiver necessidade de realizar exercícios de barriga para cima.

  1. Alongamento Muscular

 Durante a gestação precisamos de uma musculatura forte e flexível. Porém, alguns cuidados devem ser tomados, pois durante este período, acontece a frouxidão ligamentar, causando prejuízos no equilíbrio. Precisamos ter cuidado na amplitude de movimento durante o alongamento para evitar lesões e instabilidades.

Quais os benefícios de se movimentar de maneira SEGURA e SAUDÁVEL durante a gestação?

– Fortalecimento muscular

– Melhora da postura e evitar dores nas costas

– Equilíbrio

– Evitar edemas (retenção de líquidos)

– Consciência corporal, bem estar e relaxamento.

– Recuperação rápida após o parto

Segundo o American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG), os beneficio de curto prazo do retorno aos exercícios podem reduzir a dor lombar, inchaço, pressão arterial, níveis de insulina, melhorar postura, forca, tônus, resistência e humor, ajuda a dormir melhor, a perder ou manter o peso.

Após o parto, como voltar ao corpo de antes da gestação?

Para retornar ao corpo que a mamãe tinha antes da gestação, ou se aproximar dele, a mamãe deve manter uma alimentação saudável, hidratação adequada, e AMAMENTAR seu bebe.

Após a liberação do médico, pode retornar os exercícios físicos bem orientados. Geralmente, a recomendação e de retornar após 6 a 8 semanas, e este retorno dependera do grau de aptidão física mantida durante a gestação.

As atividades de impacto e os abdominais tradicionais NÃO são indicados para o período pós-parto.

Os exercícios de baixo impacto devem ser priorizados no período após o parto. Exercícios com objetivo de suprir as readaptações musculoesqueléticas, reeducação postural, alongamento, fortalecimento e exercícios aeróbicos.

Os Hipopressivos são exercícios posturais sistêmicos associados à técnica respiratória, que causam redução da pressão nas cavidades pélvica, abdominal e torácica. Tornaram-se uma excelente escolha para o período pós-parto, pois eles trabalham as principais mudanças que o corpo da mulher sofre durante a gestação. Melhoram as dores nas costas, recuperam a diástase abdominal, fortalecem assoalho pélvico e a musculatura abdominal sem realizar a flexão de tronco e causar o aumento da pressão intra-abdominal, o que não e indicado nesse período.

Quais os benefícios dos Exercícios  Hipopressivos?volta do corpo após gravidez

Dentre os benefícios dos Hipopressivos estão a redução do perímetro de cintura, aumento do tônus da musculatura abdominal e do assoalho pélvico, prevenção e tratamento de incontinência urinaria, reeducação postural e melhora da função sexual. As mamães podem iniciar os Exercícios Hipopressivos no mínimo 60 dias após o parto. Eles são realizados em sessões de 30 minutos, duas vezes por semana. Sempre com liberação do medico e com profissional habilitado.

O tratamento mínimo é de 03 meses.

Os Hipopressivos podem ser aliados a outras estratégias de saúde e uma alimentação saudável. A concentração durante a execução do exercício aliado às técnicas de respiração são muito importantes, além do acompanhamento de um profissional habilitado e que conheça as alterações do corpo no pós-parto.

 Contraindicações do Hipopressivos

As contra indicações são Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), Diagnostico de hérnia e Gravidez.

Quer saber mais? Fale com a Karina:

contatomamicare@gmail.com

www.instagram.com/mamicare

www.facebook.com/mamicarebrasil

www.mamicareassessoria.com

Related Post