Depoimento: deixando o LA para amamentar exclusivamente!

Mais um lindo Post (do dia 03 de dezembro de 2014) que vale a pena ver de novo:

“Tenho falado muito sobre amamentação por aqui, quando abri minha historia de amamentação com Bento (veja AQUI), muitas mamães me procuraram chateadas contando a historia delas. Percebi que muitas foram levadas a acreditar que não tinham leite o suficiente no primeiro mês de vida do bebê e que estavam chateadas e desesperadas, pois sonhavam em amamentar! O que acontece muitas vezes é somente uma falta de técnica que faz com que a mãe “não tenha leite”, mas tudo simples e fácil de resolver. Por isso, comecei a falar muito sobre amamentação, pois cada mãe é uma, cada bebê é um e cada historia é diferente.

posição ideal para amamentar

Hoje quem conta a historia da amamentação dela é a Alexsandra, uma amiga de Instagram querida que adoro muito. Nos aproximamos, pois nossos bebês de 4 dias de diferença carregam o mesmo lindo nome: Bento! Pedi que ela desse seu depoimento, pois ela tem uma historia muito comum. Bebê com baixo peso no primeiro mês  e orientação para dar leite artificial, porém, com muita força de vontade ela correu atrás de informação e conseguiu reverter a historia, hoje amamenta exclusivamente seu bebê de pouco mais de 4 meses.

“Confesso que durante a gravidez não li muito sobre amamentação. Não fiz o famoso curso para gestante, e na minha cabeça após o nascimento tudo aconteceria naturalmente. Me enganei! Pra início de conversa, o sofrimento começou no hospital, Bento não mamou imediatamente após o nascimento, pois eu fiquei muito cansada do parto, e ele tbem precisou de alguns procedimentos após o nascimento, pois estava bem cansadinho(nasceu com Apgar 6 /8).

Quando fui para o quarto, toda a minha expectativa em relação à amamentação foi por “água abaixo”, pois recebi um turbilhão de informação, e o Bento já na maternidade não conseguiu mamar. Foi horrível, quando me lembro meus olhos se enchem de água, porque ele chorava muito tadinho, queria porque queria mamar e eu não conseguia. Logo de cara ele já recebeu leite artificial. Meu sofrimento começou por aí! Chegando em casa, o sofrimento reinou novamente e ficou por 15 dias! Foram os 15 dias mais dolorosos da minha vida e não gosto de lembrar. E eu chorava, chorava com muita dó,  porque ele gritava de fome. Resumo: bico ferido, mamas engurgitadas, não tive febre não sei como! E era tanto leite, que a casa toda tinha respingos, eu trocava 10 camisolas por dia, e chorava, chorava com o coração apertadinho,  e ele já tomando leite na mamadeira a dias. Quando fomos à 1 consulta que geralmente se faz e entre 10 e 15 dias após o nascimento, tivemos uma surpresa: Bento não havia ganhado peso. Eu me desesperei! E neste dia ainda era a pediatra malucao! Quase morri! Pediu pra entrar com força com o Leite artificial, fez um drama, dizendo que o melhor pra ele naquele momento era ganhar peso e crescer (com LA). Fui pra casa indignada, e meu coração não sossegou! Procurei ajuda em um banco de leite, e recebi uma orientação maravilhosa, ele mamou que foi uma beleza! Chegando em casa, nada de mamar!!!! E ele já tinha 18 dias mamando leite artificial e alguns goles do meu, ficando horas e horas no peito. Era desgastante, nada prazeroso, Tive momentos tão difíceis e inconsoláveis que eu pensava: meu Deus, cade o prazer de alimentar meu filho, e chorava chorava, de dor, de decepção, angústia, medo, enfim…passei tbem pelo baby blues (falo sobre isso depois se você quiser).

Vendo meu desespero, Minha Obstetra ( minha idola número 1) indicou uma pediatra (hoje minha idola número 2), gente, foi parte da minha salvação para o sucesso da amamentação. Discordou do leite artificial já que eu tinha leite a vontade, e me orientou da seguinte forma: deixe ele mamar, até quando vc conseguir, faça a ordenha do seu leite e ofereça a ele no copinho pra ele não largar seu peito (eu não segui essa parte do copinho, não tinha psicológico pra isso), mas usei mamadeira mesmo. E assim eu consegui engordar o meu bezerrinho!!! Fazia mais ou menos assim: 30 minutos em um peito (ele sempre mamou 1 de cada vez pela quantidade de leite – consigo ordenhar cerca de 200ml de cada mama por dia desde o início). Depois oferecia a ele o quanto ele queria, e variava muito, com 1 mês ele chegou a mamar 100ml na mamadeira depois de 30 minutos no peito, mas variava entre 60 e 100ml, e sempre a cada 1 hora. Ele mamava muito! Eram 23horas/dia mamando e 1/hora arrotando, hahaha. Não fazia mais nada além de dar de mamar! Com pouco mais de 1 mês ele já estava na curva, mamando no peito tudo errado, rs, e na mamadeira. Cheguei a pensar em desistir, tamanha era a dor que por dois dias eu ordenhei e ele mamou somente na mamadeira, mas nada de leite artificial.

Um belo dia, vi alguém agradecendo Dani, que oferece Assessoria em amamentação e fiquei interessada. Ops, seria minha salvação? Fiz contato e como num passo de mágica, recebi sua assessoria. Simplesmente descobri que estava fazendo tudo errado, meu problema era a pega que não estava correta. E assim ela me ensinou tudo, tudo por skype! Minha idola também! Gente, minha vida mudou, cortei a mamadeira e o Bento passou a mamar bonitinho somente no peito. Eu consegui! Falo isso com a boca cheia de orgulho, porque não foi fácil, eu sofri muito! Bento chorava de fome e eu de desespero! Falo para todo mundo, informação é muito importante. Eu não sabia de nada, e ainda não pude contar com minha mãe (que por motivo de força maior, não ficou comigo nos primeiros dias), foi muito difícil, mas eu consegui! Hoje meu bezerrinho está com 4 meses, e mama exclusivamente no peito.

Meu conselho para vocês é informem-se, pois pode parecer fácil, mas não é, mas também não é impossível! Em dezembro, volto ao trabalho e pretendo continuar com a amamentação exclusiva até os 6 meses, pois é o que consigo. Já estou congelando meu próprio leite que continuará alimentando meu filho todos os dias. Abaixo, um pequeno resumo da progressão de peso/altura do Bento desde o nascimento:

Nasc: 2.990 kg / 46cm

15 dias após o nasc: 2.650 /47 cm

1 mês: 4.150 / 49cm

2 mês: 5.400 / 53 cm

3 mês: 6.300 / 57 cm

4 mês: 7.100 kg / 60 cm

Espero que gostem e sintam-se encorajadas!                       Leite para congelar para quando voltar a trabalhar.

Beijos

Alexsandra”

Related Post