Mamãe Chata!

Se tem algo que eu nunca imaginei que eu seria como mãe era: Chata. Mas acho que esta inserido no fator Mãe e não posso deixar de lembrar que já usei essa palavra para descrever minha mãe algumas vezes: Chata, Chata e Chata! Pois é, desde que me tornei mãe, virei sim uma e das grandes.

No começo me sentia chateada com isso, hoje assumo, sou mesmo! Acontece que mesmo que tenha ajuda, a responsabilidade do bebê é minha e se tem alguém que vai precisar ficar com o bebê, limpar, lavar ou até aguentar as consequencias no futuro é a Mãe e ela tem todo direito de ser a chata vetadora!

Já fui em festa que não consegui ficar porque o bebê não estava bem, já fui em outras que fiquei, mas não vi nem falei com quase ninguém, porque tinha que ficar com o bebê. Já sai de corpo presente mas cabeça imaginando minha cama confortável e já vetei muitos programas por saber que atrapalharia a rotina do bebê e consequentemente o sono dele e o meu.

Já proibi doces e refrigerantes perto da criança. Já disse que “não” umas mil vezes. Não pode isso, não faça aquilo, não quero, não vou, não não não! Me canso as vezes disso, alguns momentos aceito, pensando nessa negatividade toda e logo me arrependo.

O que acontece é que se eu não falo que não, eu que assumo a bronca e nem sempre estou afim. Ah vai, tenho esse direito! rsrs…No fim sei que sou legal também e que parte da minha chatisse é por ser insubstituivel para meu bebê!

Pois é mamãe, ninguém havia te dito isso, que se tornaria uma chata de mão cheia, mas faz parte da vida materna e acredite, você não esta sozinha!

Beijokas

Lily

Related Post