Realidade na Maternidade

Blog recomeçando e eu estou com uma vontade de me explicar, de falar sobre mim, quase como se Maternidadeele fosse novo! Essa área de maternidade é complicada, muito complicada. Como falar de algo que não sei direito? É como pedir para uma aluna vir dar a aula, somente com suas experiências, sem nenhum resultado concreto. Por isso mudei um pouco de estilo.

Dei muitas dicas no outro blog, falei de parto, amamentação, de alguns objetos e outras coisas a mais que achei útil, mas falei pouco sobre a realidade, sobre o que é ser mãe, os dois lados, os sentimentos. Vemos por ai uma divisão entre ser lindo, fácil e etc e ser muito difícil. Quero simplesmente falar como é para mim e minha visão que pelo que já percebi, é parecida com de muitas mamães por ai.

Escrevi um post para o site MdeMulher desabafando um pouco sobre a maior contradição da maternidade, a Solidão. Foi só na maternidade que descobri a tal, mesmo estando o dia todo acompanhada. Esse post que abriu minha visão sobre o blog e os caminhos a seguir, porque percebi que o que as mães precisam não são de novos conselhos e dicas somente (muitas vezes vindas com boas intenções, mas que só nos confundem mais!) e sim de conforto, de amizade, de companheirismo!

Sim mamãe, grande parte das mães sentem um amor enorme pelos filhos, mas também sentem dificuldade, solidão e tristeza, você não está sozinha! Um filho traz mudanças absurdas na vida de alguém. Não só no cronograma familiar, mas por dentro!

É físico também, é hormonal, é muita mudança junto! Mesmo gestantes, tínhamos o tempo todo nosso, para nosso relacionamento, trabalho, vida! Sim, tínhamos uma vida todinha nossa, cheia de sonhos, sonhávamos com o futuro, com o bebê, com aquele ser fofo e gostoso que vemos nas capas da revista.

Um dia, quase como do nada, você traz para casa aquela responsabilidade nas costas que acompanham a dor física do corpo de cansaço. Você tem pela primeira vez na vida, alguém que realmente depende de você, que precisa se alimentar de você, precisa respirar você, precisa de você grudada lá! Seus sonhos? O futuro? Será que ele existe?

E o bebê de revista? Ele vem fofo, muito provavelmente até mais do que os que você vê por ai, porém vem com fase de cólicas, de morte súbita, de pico de crescimento, fase do dente, fase de separação e mais um monte de fases que vem seguidas uma das outras, ou até mesmo ao mesmo tempo! E você passa por tudo isso com o maior sono do planeta e o maior sorriso no rosto, porque mesmo na dificuldade, você sabe que ali está o melhor de você!

É minha amiga, ser mãe não é tarefa fácil, mas nós conseguimos, especialmente se estivermos unidas. Essa é minha ideia aqui! Falar de mim sim, mas sempre com a intenção de abrir uma conversa! Por favor, não hesite em fazer parte disso comigo! Aqui tem sempre dois ouvidos e dois braços prontos também, apesar da tagarela que sou!

Espero que gostem, participem e façam parte dessa linda aventura que é ser mamãe!

Beijos

Lily

Related Post