Vacinas até 2 meses: Rede Pública ou Privada?

Cada mesaniversário do bebê é uma alegria enorme, mas nesse começo, cada mês de saúde e amor, também trás o terror das mamães, as vacinas! Além da dó de ver nosso pequeno amado sentir dor e chorar, ainda há os riscos de febre, irritabilidade, sensibilidade no local! Mas fazer o que?! Esse terror também é nossa carta de alforria!

Além de livrar o bebê de diversas doenças diferentes, a cada vacina, os pediatras e as mamães se sentem mais a vontade de sair, passear e levar os bebês até para os lugares mais movimentados! A cada vacina, chegamos perto daquele sentimento maravilhoso de desfilar nossos bebês perfeitamente moldados por ai, quer motivação maior?

vacinas bebês
Foto: Instagram Casa da Lily


Vacinas dadas no primeiro mês (normalmente no próprio hospital)


– BCG: contra tuberculose e outras formas mais graves da doença. Uma dose única dada normalmente no braço direito nas crianças nascidas com mais de 2 quilos.Aquela vacina que deixa a cicatriz! Ela é dada tanto nos hospitais e laboratórios particulares, quanto nas redes públicas. ela deixa um pequeno machucado que o pediatra costuma acompanhar e devagar vai saindo e formando a tão conhecida cicatriz!

– Hepatite B: primeira dose de 3, dada na cocha, também disponível na rede publica e privada.

Vacina dada no segundo mês: 

A vacina do segundo mês é diferente na rede pública e na privada, entenda a diferença:

Na rede pública: 4 vacinas, sendo:

Pentavalente (DTP+ Hib + Hep B): Vacina dada no músculo da cocha e protege contra difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenzae tipo b (pneumonia, meningite  e mais) e a segunda dose da Hepatite B.

Poliomelite inativada: primeira dose (total de 3 doses mais reforço), previne a poliomelite ou paralisia infantil. Picada no músculo da coxa.

Rotavírus: Via oral, protege contra 1 tipo de rotavírus que causa vômito e diarreia. Total de duas doses.

– Pneumocócica conjugada: primeira dose de 3 (depois precisa do reforço) e evita alguns tipos de pneumonia e outras doenças relacionadas a bactéria pneumococo. Evita 10 tipos de bactérias. Picada na cocha.

Rede Privada: São 3 vacinas, sendo:

Hexavalente (DTP+ Hib + Hep B + Polio): Diferente da rede pública, essa vacina inclui a pentavalente + polio. Por isso na rede privada tem uma picada a menos. Essa normalmente é usada uma versão acelular da DTP e por isso, dizem que da menos reação do que a da rede pública.

– Rotavírus Pentavalente: protege contra 5 tipos de rotavírus ao invés de 1. Também via oral feita em 3 doses.

– Pneumocócica 13 V: Evita 13 tipos da bactéria.

Fiquei em dúvida para saber onde era melhor dar a essas vacinas de 2 meses, já ouvi alguns médicos dizerem que a vacina da rede pública é melhor, pois tem mais rotatividade, ou seja, a vacina será sempre mais nova. Porém, pesquisando percebi que essas vacinas de dois meses possuem consideráveis diferenças e a privada acaba sendo melhor por ser menos picadas e maior proteção. Optei por ir na rede privada. Fique atento e pesquise, pois mesmo usando as vacinas do mesmo laboratório, o valor varia.

Ps: as vacinas descritas acima, serão tomadas novamente aos 6. Aos 4 a hexa pode ser substituída pela penta (sem hepatite) que estará presente novamente aos 6.

Espero ajudar as mamães a tirar as dúvidas sobre a diferença das vacinas! Aproveite que esta levando seu bebê para vacinar e atualize você também seu calendário de vacinação!

Beijos

Related Post